domingo, 18 de março de 2007

A flor lilás do nosso amor

De todos o poemas escritos por mim até hoje, esse é o meu favorito. E é favorito por muitas razões, mas principalmente por ter sido inspirado em quem me inspirou a escrever a minha primeira centena de poemas.

Se ao menos você pudesse ficar...
Ficar até o filme acabar,
o dia amanhecer,
e a lua de novo aparecer;

se ao menos você pudesse ficar...
Só até o padre chegar,
a lua de mel acabar,
e a criança nascer;

se ao menos você pudesse ficar...
Para ver a pequenina crescer,
a flor lilás do nosso jardim florescer,
e a casa de netos se encher;

se ao menos você pudesse ficar...
Ficar até meu corpo padecer,
até meu rosto envelhecer,
só para me dizer todos os dias: “como eu amo você”.


Nicole Rodrigues

Um comentário:

Nathy disse...

Que lindo isso, menina!!!
Muito, muito lindo mesmo...