terça-feira, 28 de agosto de 2007

Cantar tristeza baixinho


Não quero mais ouvir blues
Se quiser ouça sozinho
Ou encontre outro alguém
Pra cantar tristeza
No seu ouvidinho.
Nicole Rodrigues

domingo, 26 de agosto de 2007

A noite que não amanhece

Quando você não está

A alegria cala

O vazio ecoa

A visão turva

O coração para

A coluna curva

O corpo padece

A lembrança permanece

E me faz desconjurar

A noite que não amanhece


Nicole Rodrigues

quarta-feira, 22 de agosto de 2007

Poet lovers


I told you not to go outside,
Not to drive in the rain,
Not to fight with the time,
Not to repress the pain.
I asked to hold on a little longer,
To stay for a while,
I did tell you, but but you didn't hear me:
Even poet lovers die.

Nicole Rodrigues

Amante e poeta


Outro dia ouvi alguém dizer
Que basta ser tocado pelo amor
Para escrever poesia
que heresia!
Se for assim uma coisa seria certa:
Não existiria diferença entre um amante e um poeta.

Nicole Rodrigues

quarta-feira, 15 de agosto de 2007

Sinais


Chegar aqui não foi difícil,
foram muitos os sinais.


Encontrei um a cada instante:

sacos plásticos,
livros, elefantes...


E todos diziam:
Vá em frente,
não tenha medo.
Siga em paz.


Nicole Rodrigues

quinta-feira, 9 de agosto de 2007

My offer


A blanket
A book
A hug
And
me

This
is what
I have to offer
When you
finally
get here.

Nicole Rodrigues

quarta-feira, 1 de agosto de 2007

Candura


Com o fogo sempre aceso,
meu coração martela alto,
ressoa agudo
e faz da razão
um bichano indefeso.


Nicole Rodrigues