terça-feira, 25 de março de 2008

Knightville


Não tenho mestre,
não tenho amo,
não tenho chefe,
nem prece,
mas tenho pressa,
tenho meta
e tenho a reta
a ser seguida
rumo ao vale
das coisas
que valem a pena
carregar por essa vida;


não tenho marido,
não tenho filhos,
não tenho mulas,
nem empaques,
mas tenho laços,
tenho afeto
e tenho o mapa
que me leva
ao paradeiro
do último cavalheiro
que acredita
em amor eterno.

domingo, 23 de março de 2008

Jardineiro fiel


O céu é consolado pelas nuvens
por não ter um jardim igual ao meu…

No meu jardim,
as folhas verde-bandeira são tingidas de lilás-fantasia,
os miolos marrom-couro-de-sapato dos girassóis empalidecem
diante da beleza das bromélias vizinhas que cobiçam a terra roxa
e roubam o cheiro do alecrim.


No meu jardim,
o beija-flor expulsa o besouro da rosa laranja-pôr-do-sol,
a Maria-sem-vergonha faz companhia pra Jasmim
e as formigas sedentas cavam suas casas em volta do eucalipto.


No meu jardim,
a flor do campo mora na cidade,
acorda com o barulho das buzinas
e se alonga até a altura dos joelhos do bambu
para depois se misturar ao barro tingido de vermelho.


No meu jardim,
a trepadeira sempre escapa,
a ortiga e o cacto dividem a guarda
e um jardineiro fiel é só o que me falta.

Nicole Rodrigues

quarta-feira, 19 de março de 2008

Aquarela pagã


Apenas duas coisas que me fazem sentir culpada
por não acreditar em Deus:
a gentileza e o arco-íris.

Nicole Rodrigues

segunda-feira, 17 de março de 2008

Ladeira


Quando penso que a ladeira chegou ao fim,
o tombo me faz lembrar onde estou:
percorrendo as ruas de um bairro desconhecido,
sem mapa, sem bússola, sem apito;
ofegando em suspiros e caindo de amor.


Nicole Rodrigues

domingo, 16 de março de 2008

Sigo pensando em ti


Tentei dar fim ao efeito
do veneno lacrimejante que veio com o vento;
tentei botar para fora os nós
da garganta que tanto sangra na sexta-feira santa;
tentei cortar a cerca, a corda, o cordão
da minha árvore genealógica de estimação.


Fugi para pensar mais em mim,
do que em ti, agora
“penso um pouco mais em ti”*.Eu marcho manco, caio e levanto, e “sigo pensando em ti”*.

* Shakira (Penso em ti)
Nicole Rodrigues

sexta-feira, 14 de março de 2008

A ticket to the world



Se ao menos eu pudesse desistir e me perder
numa selva, numa sonda, numa fresta, num caixão…
… mas não. Comprei uma passagem pro mundo:
Glasgow, Malmö, Melborne, Bristol…

Eu sei, eu sei, Frank Sinatra está morto
e a lua só brilha no escuro.
Ainda sim, prefiro viver.


Vampiros da noite,
sangue-sugas fanfarrões,
e estraga-prazeres de roda-gigante
não me impedirão.

Nicole Rodrigues

Romance



You keep me around without chains
and I keep myself alive for the romance...


domingo, 9 de março de 2008

Ovos de avestruz



Para se ter um sonho, basta fazê-lo.
Você pode realizá-lo, cozinhá-lo em banho maria ou comê-lo…
Mas, por favor, não os transforme em pesadelos.

Em epópeias narradas pelo inconsciente,
em mantras entoados por fanáticos,
em macacos voadores,
em elefantes aquáticos.

Os sonhos não precisam ser impossíveis
para serem chamados de sonhos,
não precisam ter a velocidade da luz,
nem serem grandes como ovos de avestruz.
 
Nicole Rodrigues

Oitavo andar



Quero acordar com solavacos de luz solar
na janela do quarto do oitavo andar.


Nicole Rodrigues

quinta-feira, 6 de março de 2008

Clarão


Agora o chão reluz a ausência de tua sombra
e o que me resta
é o clarão deste quarto vazio…

Nicole Rodrigues

terça-feira, 4 de março de 2008



Cada vez que te vejo partir uma vela se apaga em mim...

Nicole Rodrigues