domingo, 23 de março de 2008

Jardineiro fiel


O céu é consolado pelas nuvens
por não ter um jardim igual ao meu…

No meu jardim,
as folhas verde-bandeira são tingidas de lilás-fantasia,
os miolos marrom-couro-de-sapato dos girassóis empalidecem
diante da beleza das bromélias vizinhas que cobiçam a terra roxa
e roubam o cheiro do alecrim.


No meu jardim,
o beija-flor expulsa o besouro da rosa laranja-pôr-do-sol,
a Maria-sem-vergonha faz companhia pra Jasmim
e as formigas sedentas cavam suas casas em volta do eucalipto.


No meu jardim,
a flor do campo mora na cidade,
acorda com o barulho das buzinas
e se alonga até a altura dos joelhos do bambu
para depois se misturar ao barro tingido de vermelho.


No meu jardim,
a trepadeira sempre escapa,
a ortiga e o cacto dividem a guarda
e um jardineiro fiel é só o que me falta.

Nicole Rodrigues

Nenhum comentário: