sexta-feira, 2 de maio de 2008

Conta-gotas


Não aceito mais migalhas.
Agora quero tudo por inteiro:
abraços apertados e beijos molhados
de dezembro a janeiro.

Quero um lorde,
um sultão,
e um Don Juan de estimação.

Quero cartas, bilhetes,
orquídeas,
e confetes
.
Nada de esmolas,
nada de metades;
o conta-gotas se quebrou
.

Nenhum comentário: