quinta-feira, 21 de agosto de 2008

Déspota



Ele é tão fraco quanto um fraco pode ser.
Ele me açoita por dentro, me fadiga.
Exige espaço, silêncio, comida, conforto,
noites bem dormidas, lazer, cócegas, duchas e prazer.
Meu corpo é tão mimado quanto um corpo pode ser.

Nicole Rodrigues

Um comentário:

comciência disse...

Que vidão! e eu abandonado aqui em São Luís.
Comciência