domingo, 30 de novembro de 2008




A mentira emana da saliva humana.
 
Nicole Rodrigues

Nora


E assim ela partiu:
deixou 4 carros,
3 casas,
2 cadelas,
nenhum filho,
e sumiu.
Nicole Rodrigues

sábado, 29 de novembro de 2008

O eco do pranto da ira


De repente uma vontade de chorar...
É a raiva que anda presa
e que tenta se libertar
em grunhidos irados
que se misturam aos gemidos
por sua vez abafados
pelas mãos que tentam calar
a dor inconseqüente
que não se cansa de voltar.
 

Nicole Rodrigues

sábado, 22 de novembro de 2008

Estátuas


Se as estátuas pudessem escrever,
quão longe elas iriam
com as palavras?

Nicole Rodrigues

quinta-feira, 20 de novembro de 2008

Right and wrong



He did everything to be...
Everything you did and didn’t want from him
He did everything
Everything
Right and wrong
He did everything
Everything
That need and needn’t be done
He did everything
Everything
Now you just can’t stop thinking about him…



Nicole Rodrigues

quinta-feira, 13 de novembro de 2008

Cúmplice


Entre um orgasmo e uma despedida
haverei sempre de encontrar
o teu olhar cúmplice
que consola o silêncio
que paira no ar.

Nicole Rodrigues

Passos na escada


O travesseiro ao lado
e os passos na escada
serão sempre dele
- somente dele -
e não de outro.
Nicole Rodrigues

segunda-feira, 10 de novembro de 2008

Vitral de cristal


A fúria do mar balança forte,
ressoa alto,
ecoa incessante
no ouvido já cansado,
consciente e calejado
por tua lamúria sem fim.

Será que não vês,
que arrancas meu coro,
que quebras meus ossos,
dissecas minha alma,
dizimas meus sonhos
quando dizes o que dizes pra mim?


Nicole Rodrigues

sexta-feira, 7 de novembro de 2008

Mundinho


Que mundinho mais sem graça,
enfadonho, enfadado, eu diria.

Agora eu sei porque Deus mora no céu...
aqui nesse inferno é que ele não viveria.

Nicole Rodrigues