quinta-feira, 26 de março de 2009

Jardim secreto


Sou uma princesa perdida no deserto
cercada por camelos que insistem em me tentar
oferecendo seus lombos curvos e macios
em troca de um pouco do meu néctar.

Sigo ignorando todas as ofertas
e guardo minha flor sem sequer pestanejar
porque a porção de mel que eles tanto desejam
a outro alguém me recuso a entregar.


Espero pacientemente pelo dia em que tu,
meu beija-flor, estará comigo para provar a doçura do meu amor
no mais recôndito e sagrado esconderijo.


Nicole Rodrigues

quinta-feira, 19 de março de 2009

Roda pião


Se houvesse ao menos uma música
que eu pudesse ouvir
sem querer pegar-te pela mão
e rodar que nem pião...

Nicole Rodrigues


terça-feira, 17 de março de 2009

Sangria



A sangria desatada
dos copos sem fundo
enchendo o vazio
da alma humana
que, moribunda,
arde em chamas
e implora por mais
uma gota de absinto
para fingir
que não sente
a falta de ar.
Nicole Rodrigues

Muro alto



E os raios partem o vazio em dois:
primeiro o clarão, depois o barulho
vindos do muro alto
com portão azul cobalto
-- meu Deus, um túnel!

Nicole Rodrigues

quarta-feira, 11 de março de 2009

Notas de um escândalo

 
Fui lá e casei. Assim, pá-pú! Sem festa, sem vestido, sem anel. Só eu e o violino. Digo, eu e o violinista. Com um vestido azul meio grego, meio hippie, sandálias douradas e rasteiras. Com uma trança na cabeça, feita por mim mesma. Um brinco que sonhava em ser de safira. E um amor que queria ser menor. Mas não é. Então foi. Assim do jeito que nunca sonhei. Com o homem que eu sempre quis. Num nervoso danado, num dia ensolarado, o que em si já é uma benção aqui na Suécia. Casei, meu povo, casei!

Nicole Rodrigues


segunda-feira, 2 de março de 2009

Isadora e Maria


Maria!
Olha eu, como uma lua de Deus -- ela dizia.
Na ponta dos pés, com os bracinhos abertos e a cabeça inclinada….

Maria, Maria!
Olha isso -- rodando feito peão em volta da mesa…

Maria, Mariiiia!
Olha aqui -- com as mãozinhas no chão e as pernas para o ar…

Maria,
vamos brincar de dançar?

Maria…
Eu quero ser bailarina quando eu crescer. E você?



Nicole Rodrigues