segunda-feira, 10 de agosto de 2009

Poema pálido



Um poema pálido,
chegou sem avisar.

Reprimido é que não será!
Vem cá, senta aqui;
vou te escrever.


Nicole Rodrigues


Nenhum comentário: