quarta-feira, 10 de agosto de 2011

Estaca


Uma estaca bem no peito
do relógio que não pára.

Às vezes quero tanto,
noutras quero nada

que me faça
perder tempo.

Nicole Rodrigues

Nenhum comentário: