sábado, 24 de setembro de 2011

Sonâmbula


E o dia raia trazendo dores ao meu corpo e lágrimas aos meus olhos. Sinto como se tivesse corrido sem parar a noite inteira. São os sonhos que não me deixam em paz! Quem me dera poder dormir quando durmo, para saber o que é descanso de verdade.
 
Nicole Rodrigues

Migalhas


Um peixe azarado
esperando por migalhas
no mar morto.

Nicole Rodrigues

Cansaço


Um cansaço agudo,
um peso,
uma pedra
que me curva
e impede de voar.

Nicole Rodrigues

sábado, 17 de setembro de 2011

Sontag


A pele amarela,
os cabelos brancos,
as pernas roxas,
as unhas pretas.
Eu não te reconheci.

Os calos,
as veias,
o soro,
a sonda.
Eu não te reconheci.

As fraudas que carregam o teu avesso
e as gases de algodão que limpam as tuas feridas
encheram os cestos de lixo

e eu te vi sangrar,
vazar
e tossir

até que a última lágrima de vida
envidraçou os teus olhos
e eu não te reconheci.

Nicole Rodrigues