sábado, 17 de setembro de 2011

Sontag


A pele amarela,
os cabelos brancos,
as pernas roxas,
as unhas pretas.
Eu não te reconheci.

Os calos,
as veias,
o soro,
a sonda.
Eu não te reconheci.

As fraudas que carregam o teu avesso
e as gases de algodão que limpam as tuas feridas
encheram os cestos de lixo

e eu te vi sangrar,
vazar
e tossir

até que a última lágrima de vida
envidraçou os teus olhos
e eu não te reconheci.

Nicole Rodrigues

Nenhum comentário: