terça-feira, 24 de julho de 2012

Bússola



Tudo o que me norteva
parou no tempo.

Minha bússola eras tu.

Mas tua ganância foi tamanha
que até os ponteiros enlouqueceram.

Agora cá estou,
perdida
em uma nuvem de inércia.

Suspensa
em uma massa cintilante.

Infértil
até o fim dos tempos.

Insana
até o amanhecer.


Nicole Rodrigues

5 comentários:

Farley Rocha disse...

Meus sinais de fumaça lá no seu hotmail.
Abçs do leste.

N. Rodrigues disse...

Sim senhor, hoje eu respondo sem falta :)

Vinicius disse...

Devo igualmente acenar: há sinais meus lá no seu hotmail.

Abraços

N. Rodrigues disse...

Seu sinal de fumaça não cruzou a fornteira da minha caixa de entrada, caríssimo :( Não recebi nadinha da Silva.

Vinicius disse...

Vou enviar novamente. Quando for possível envia-me um sinal também.