sexta-feira, 28 de setembro de 2012

Pele de leão


Agora que voltaste,
conte-me sobre tuas aventuras além-mar.

Quantas hidras mataste? E quantas cabeças elas tinham?

A quantos naufrágios sobreviveste?
E que fim teve Helena?
Se é que teve algum.

Haja o que houver
mantenha-se longe das piras crematórias.
As chamas não são a saída!

Tua pele de leão e clava
hão de ser o bastante
para que o restante de tua vida
seja puro e pleno.

Os deuses já te receberam,
agora as páginas te esperam.
Eu também.

Nicole Rodrigues

Um comentário:

Vinicius disse...

Eu também te espero.

Beijo

p.s: vê teu e-mail.
mandei mensagem.