quarta-feira, 5 de dezembro de 2012

Outubro


 
O primeiro mês, em cinco anos, que não escrevo. Os abraços substituíram os versos. Não houve tempo para rimas, mas sobrou para prosas. Sorte a minha. Já que ao menos deste pude me despedir. O outro, que já se foi, me visitou um dia antes de partir, num sonho que de sonho tinha pouco e que era tristeza pura. Ele estava cansado. Havia desistido − não posso culpá-lo. Aquilo não era mais vida. Enquanto este, que cá ainda está, e que é a alegria em forma de gente, deseja muito continuar no meio de nós. E eu fico aqui pensando em como mantê-lo por perto por mais tempo. Talvez ainda dê jeito. Talvez ainda tenhamos tempo de deixar o adeus para depois.


Nicole Rodrigues

3 comentários:

Flor amarela disse...

Flor tô preocupada com vc!!!

Juliana Migliorati disse...

P/ mim Nicole Outubro é um mês muito lindo e especial. Um beijão bem grande.

Edivaneide Lima disse...

Querida, continue. Amo teu blog, teus versos tuas prosas, teu espaço. :*