domingo, 9 de junho de 2013

Cigana




A flor banca no teu cabelo é o que mesmo?
Porque o choro eu sei que é desespero.
E a saia eu sei que é da cigana.


Tua queda em câmera lenta não me engana.
É doença!
Da carne, da mente ou da alma?


Talvez a flor no teu cabelo seja a cura…

Talvez ainda haja tempo de te purificar por dentro

Vem que eu te mostro o caminho.

Nicole Rodrigues

 

Nenhum comentário: