quarta-feira, 26 de março de 2014

Arranha-céus




Aldeias inteiras de pernas para o ar.
Esconderijos inúteis,
tão fáceis de encontrar.

Arranha-céus ilesos, incólumes
- imperadores das alturas,
com que tantos sonham em vida
e em saltos para a morte.

Nicole Rodrigues

Devaneio





 De manhã bombardeio
o mundo com meus sonhos.
E à noite sonho
que ele se renderá a mim.

Nicole Rodrigues

Longitude





 Tuas viagens cada vez mais longas…

Garupa






Uma bicicleta para dois,
para andar bem devagarinho.
Um cheirinho no cangote de mansinho.
Garupa para quê?

Nicole Rodrigues