sábado, 19 de abril de 2014

Adorno




Em ti não quis estar.
Restou-me admirar
As laminas afiadas
Que nada cortam
Apenas adornam
Os teus pulsos
À prova d’água.

Nicole Rodrigues

Nenhum comentário: