sábado, 13 de setembro de 2014

Dedos insones




Rabiscos certeiros
saltam da página.

Um teclado massacrado
por dedos insones.

Gaviões malditos
que se agarram sem medo
de marcar as teclas com as unhas.

Um olhar de longo alcance
em busca do próximo verso.

Um desejo truculento
de mastigar rimas e ritmos.

Uma pena sem tamanho de cair no sono
e abandonar o posto
de pombo correio.

Nicole Rodrigues

Nenhum comentário: