domingo, 4 de janeiro de 2015

Contemplação


Com as cordas e músculos trêmulos
me ponho a admirar
o pouco de equilíbrio
que me livra do chão.

Mas contemplar também cansa 
e, não demora,
hei de me lançar 
ao alívio do vão.

Sobrevoar que é bom,
deixo para os pássaros.

Sobreviver, isso sim,
reservo para mim.
Nicole Rodrigues

Um comentário:

o poeta disse...

"Sobrevoar que é bom,
deixo para os pássaros."

Os meus pensamentos
que são como pássaros
viajam ao teu encontro.

Eles dizem a minha saudade.

Com carinho,
o poeta