sábado, 25 de abril de 2015

Cintilante


Houve curiosidade, anseio 
e até desejo, 
mas amor mesmo só o teu. 

A bondade em carne e osso. 
A alma gêmea em agonia e depois em alvoroço 
ao constatar que não houve fim, apenas pausa. 

E a alegria retumbante ao pousarmos na cauda 
do astro que nos leva para longe, 
porém juntos, rumo ao cosmos cintilante. 

Nicole Rodrigues

Nenhum comentário: