segunda-feira, 31 de agosto de 2015

Órbita


Dou meia volta na ânsia de apagar
O rastro do cometa que iluminou o túnel
Em um instante.

Um vagalume de um segundo,
Uma vela acesa prum vulto,
Um diamante.

Nicole Rodrigues

domingo, 30 de agosto de 2015

Wrapping me up




Always you
and your long legs
wrapping me up,
cheering me up.


Nicole Rodrigues


sábado, 8 de agosto de 2015

Dublin


Alçada às alturas
Para bem longe de uma realidade tão dura
Que foi fácil de esquecer.

Nicole Rodrigues

Pólen, pétalas e rabiscos



I
Amassados entre as páginas dos meus cadernos de rabiscos
Estão os papeis de bala e as pétalas das flores que de ti ganhei.

II
O pólen cai da página
Colorindo a manta
Que cobre a carne.

III
Isso que dá
Escrever deitada.

Nicole Rodrigues

Ilha esmeralda


I
Damien e Lisa me esperam no topo da montanha cor de esmeralda.
É ao som deles que casarei novamente de véu e grinalda
No décimo nono dia do mês que fui trazida à terra.

II
Até lá, com sorte, chamarei esta ilha de lar.
Leve o tempo que levar.

Nicole Rodrigues

Callander



Na igreja da vila dos passarinhos
Tem um tronco que faz de conta que é banquinho
E quem chega logo senta
À espera de uma sopa ou de um docinho
Sem notar que os donos da vila
Só querem saber de voar.

Nicole Rodrigues